CRISE: Mauro Mendes está neste momento reunido com deputados na ALMT

5 de dezembro de 2018


O governador eleito, Mauro Mendes (DEM), está neste momento reunido com os atuais deputados estaduais na sala de reunião da presidência da Assembleia Legislativa de Mato Grosso. A informação e fotos foram postadas pela deputada estadual, Janaína Riva (MDB), nas redes sociais. Segundo a parlamentar, Mendes vai apresentar um panorama do cenário financeiro do estado de Mato Grosso.

“Agora em reunião com o governador eleito, Mauro Mendes que veio apresentar aos deputados um panorama do cenário financeiro de Mato Grosso, já levantado pela equipe de transição dele. Os números não são nada amistosos! Quando acabar aqui farei alguns stories com as minhas impressões sobre o que nos foi apresentado”, declarou Janaína na publicação.

Ainda nesta terça-feira (4), Mauro Mendes esteve no Poder Legislativo em visita a alguns gabinetes de deputado, juntamente com o presidente do Democratas em Mato Grosso, Fábio Garcia, e o procurador de Justiça, Mauro Zaque. Inclusive, Mendes visitou o gabinete do deputado estadual reeleito, Wilson Santos (PSDB). “Tivemos hoje na assembleia legislativa para dialogar com esse Poder. É importante isso em um momento de dificuldade que Mato Grosso vive de grande crise financeira, faltando dinheiro para pagar aí compromisso importantes na Saúde e em todas as áreas”, afirma Mauro Mendes.

Ainda na data de ontem, o governador eleito comunicou que ingressou com uma ação no Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT) para barrar portarias que classificou como “ilegais e imorais” assinadas pelo atual governador Pedro Taques (PSDB) e pelo secretário de Estado de Saúde, Luís Soares. A ação – uma medida cautelar – foi ajuizada nesta terça-feira (04) e visa sustar os efeitos das portarias, que criaram despesas na Secretaria de Saúde na ordem de R$ 91 milhões, sendo que mais de 96% da despesa teria que ser arcados pela gestão de Mauro.

Nas portarias em questão, o Estado de Mato Grosso, por meio do Fundo Estadual de Saúde, se comprometeu a repassar R$ 82 milhões ao Fundo Municipal de Saúde de Cuiabá, em 30 parcelas mensais de R$ 2,73 milhões, a título de apoio no custeio do Novo Pronto-Socorro de Cuiabá, e outros R$ 9 milhões para 13 municípios.

Direto da Redação, Sandra Costa

5 recomendado
comments icon 0 comentários
bookmark icon

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *