Divisão do estado de Mato Grosso completa 41 anos


O dia 11 de outubro de 1977 foi um marco para os estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Foi nessa data que o presidente Ernesto Geisel assinou a Lei Complementar nº31 dividindo Mato Grosso e, assim, criando o Mato Grosso do Sul.

Tudo começou quando, em 1974, o governo federal estabeleceu a legislação básica para a criação de novos estados e territórios. No ano seguinte, ideias divisionistas vieram à tona, por conta da divisa de Mato Grosso com Goiás. Mesmo com toda discussão, o movimento ganhou fôlego e, em 1976, a Liga Sul Mato-Grossense, que tinha Paulo Coelho Machado como líder, conduziu a campanha. Já o opositor, do outro lado, era José Garcia Neto.

A tarefa não foi fácil, já que a parte do Sul pedia a divisão, enquanto a do Norte não se deixava intimidar e barrava as intenções sulistas. Entretanto, os integrantes agiram rápido e sigilosamente, garantindo os subsídios necessários para concretizar a divisão do estado. Assim, o presidente Geisel assinou a lei no dia 11 de outubro de 1977, sendo publicada no Diário Oficial no dia seguinte.

CUIABÁ
Cuiabá/ MT atualmente Foto: portalmatogrosso.com.br

A divisão se deu devido a um processo demorado em que aspectos sócio-econômicos, políticos e culturais foram essenciais para chegar ao resultado final. E a tarefa não foi fácil, já que a parte do Sul pedia a divisão, enquanto a do Norte não se deixava intimidar e barrava as intenções sulistas.

A medida dividiu a opinião da população: enquanto alguns condenaram as forças divisionistas, outros foram favoráveis, argumentando que isso seria capaz de impulsionar o desenvolvimento de ambos os estados.

campo grande/ms
Campo Grande/MS atualmente Foto: blink102.com.br

Na época, Mato Grosso tinha 93 municípios e 1.231.549 quilômetros quadrados. Com a divisão, a parte nortista ficou com 38 cidades, e a sulista com 55. Apesar de ficar com uma quantidade menor de municípios, Mato Grosso ficou a maior área:  901.420 quilômetros

Atualmente, a data é pouco lembrada em Mato Grosso, cuja capital continuou sendo Cuiabá. Já no estado vizinho, que definiu Campo Grande como sua capital, é feriado.

Direto da Redação, Maisa Martinelli

19 recomendado
comments icon 0 comentários
bookmark icon

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *