Maluf, Botelho, Wilson Santos e Mauro Zaque são cotados para conselheiro do TCE

5 de fevereiro de 2019


Após o Supremo Tribunal Federal (STF) autorizar a Assembleia Legislativa a indicar novamente um de seus membros para o Tribunal de Contas do Estado (TCE), o deputado estadual Guilherme Maluf (PSDB) já declarou que tem total interesse em disputar a vaga.

“Vou colocar meu nome à disposição. Isso ainda exige muito diálogo”, disse.

Maluf, no entanto, ressaltou que a disposição de seu nome não implica em imposição. “Tenho total respeito pelos meus colegas de Parlamento que também tem o pleno direito de reivindicar”,

A escolha do conselheiro do TCE por indicação da Assembleia Legislativa foi autorizada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal, Edson Fachin, após ficar devidamente comprovado que o Parlamento revogou uma emenda considerada inconstitucional em dezembro de 2014 pelo ministro Ricardo Lewandowski.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Eduardo Botelho (DEM), já informou que nas próximas semanas deverá ser definido o rito de escolha do próximo conselheiro.

“Será um processo transparente, criterioso e que vai cumprir todas as normas legais”, ressaltou.

Nos bastidores, se comenta que outro nome cogitado para o TCE é do ex-prefeito de Cuiabá e atual deputada estadual Wilson Santos (PSDB). O senador Jayme Campos e o governador Mauro Mendes têm a simpatia de indicar ao TCE o atual presidente do Legislativo, Eduardo Botelho.

Um grupo de deputados estaduais avalia como nome viável o promotor de Justiça Mauro Zaque. No entanto, o mesmo não avalia neste momento encerrar suas atividades no Ministério Público Estadual (MPE).

Direto da Redação – Rafael Costa

3 recomendado
comments icon 0 comentários
bookmark icon

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *