Na Rússia: Flor Ribeirinha nega notícia sobre “suposta proibição”


O grupo folclórico de raízes mato-grossenses Flor Ribeirinha, que se encontra na Rússia durante o encerramento da Copa do Mundo 2018, usou sua página na rede social para contradizer a proliferação de uma notícia falsa nos meios de comunicação de Mato Grosso, assim como o portal UOL, veículo que teria dado início a “FakeNews”. De acordo com o site UOL, o grupo teria sido barrado pela polícia russa de realizar apresentação na Praça Vermelha, em Moscou (um dos principais pontos turísticos da capital da Rússia), neste último sábado (14).

Conforme a matéria do site Uol e replicada por outros veículos de comunicação, inclusive do Estado de Mato Grosso, já era noite no local quando o grupo se preparava para fazer uma demonstração de dança e tirar fotos. No entanto, o ato teria sido impedido, sob a alegação de que a seleção brasileira já havia sido eliminada da Copa do Mundo.

Entretanto, como traz a nota publicada em sua rede social, o Flor Ribeirinha diz que “o que a reportagem da UOL Esportes presenciou foi um breve momento de orientação da segurança”.

“Os policiais russos não nos impediram de nos apresentar e o que aconteceu naquele momento não foi uma tentativa de dança, mas sim de preparação e troca com o público. Inclusive, após o episódio, fizemos duas pequenas apresentações no local programado, bem próximo ao estúdio da Globo e demais emissoras internacionais. E fomos muito aclamados”, trecho do apontamento publicado pelo grupo.

Leia a íntegra da nota:

Nota de esclarecimento sobre nossas primeiras intervenções artísticas na Europa!

Enquanto comemorávamos a repercussão positiva de nossa estadia na Rússia, em uma primeira parada da turnê pela Europa, fomos surpreendidos com uma reportagem, veiculada no Portal UOL, sobre uma suposta proibição ao grupo de se apresentar na Praça Vermelha, em Moscou. Viemos a público esclarecer que, ao contrário do que a notícia sugere, fomos muito bem recebidos no local por turistas e russos, na tarde neste sábado (14).

Estivemos na praça que abriga a movimentação da Copa do Mundo 2018 para realizar intervenções em um lugar específico. No trajeto, na verdade, fomos abordados por várias pessoas para tirar fotos, em uma demonstração de carinho. Uma multidão encantada com nossa aparência e figurinos.

O que a reportagem da UOL Esportes presenciou foi um breve momento de orientação da segurança. Os policiais russos não nos impediram de nos apresentar e o que aconteceu naquele momento não foi uma tentativa de dança, mas sim de preparação e troca com o público. Inclusive, após o episódio, fizemos duas pequenas apresentações no local programado, bem próximo ao estúdio da Globo e demais emissoras internacionais. E fomos muito aclamados.

Entendemos que a realização de uma Copa do Mundo exige o protocolo de segurança e precisamos respeitar a cultura local. Estamos muito felizes e honrados com a experiência e a recepção do grupo no país. Uma das maiores experiências já vividas pelo grupo Flor Ribeirinha. Seguimos viagem representando a cultura brasileira em diversos lugares do mundo com todo amor, dedicação e respeito às nossas tradições. #turne2018 #culturapopular #Brasil #vamoslaflorribeirinha

3 recomendado
comments icon 0 comentários
bookmark icon

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *