Politec embarca com destino a Colniza para atender ocorrência que já conta com dois óbitos e sete feridos

5 de janeiro de 2019


O Grupo de Atuação em Perícias Especiais (GAPE) foi acionado para a realização de perícia oficial e identificação técnica para a propriedade rural onde ocorreu confronto armado em Colniza, na manhã deste sábado (05).

Esta é a primeira ocorrência que conta com o auxílio do GAPE, instituído em 2017, com a missão de aperfeiçoar e garantir um atendimento técnico-pericial especializado nos eventos e situações emergenciais e de alta complexidade.

Uma equipe completa da Politec, formada por quatro profissionais sendo, perito criminal, papiloscopista, médico legista e técnico em necropsia, estão se deslocando para a propriedade com o auxílio de uma aeronave do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).

Leia mais: Ouça pe­dido de so­corro de se­gu­rança no ti­ro­teio na fa­zenda de Riva e Silval

Ex-de­pu­tado José Riva emite nota sobre ti­ro­teio com morte em sua fa­zenda e de Silval

“Fi­zeram uma em­bos­cada para os se­gu­ranças”, diz Riva sobre ti­ro­teio em sua fa­zenda em Col­niza

No local, os profissionais realizarão o levantamento de local de crime, a identificação das vítimas e a necropsia nas vítimas.

Sete pessoas foram socorridas e encaminhadas para atendimento médico hospitalar. As informações colhidas até o momento são de dois óbitos no local.

De acordo com informações preliminares, o confronto teria ocorrido entre seguranças da Fazenda “Bauru”, antiga fazenda Magali, de propriedade da família do ex-deputado estadual José Riva e do ex-governador do Estado de MT, Silval Barbosa, com supostos membros do Movimento Sem Terra (MST) que tentavam “invadir” o local.

Direto da Redação, Bruno Barreto

14 recomendado
comments icon 0 comentários
bookmark icon

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *