Max Russi ‘jura’ não articular vaga para o TCE

13 de fevereiro de 2019


O Primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, deputado estadual Max Russi (PSB), negou que esteja articulando para assumir à vaga de conselheiro do Tribunal de  Contas do Estado (TCE).

Ele afirma que os deputados irão indicar o deputado Guilherme Maluf (PSDB). “Não sou eu, vai ser o Guilherme, é sério, eu juro”, disse, ao final da sessão plenária desta terça-feira (13).

Ontem, a Mesa Diretora da Asssembleia deram a largada para iniciar o processo de escolha do novo conselheiro do TCE.   Os de­pu­tados têm 48h para apre­sentar nomes a serem ava­li­ados.

A vaga es­tava em aberto desde 2014, quando o Su­premo Tri­bunal Fe­deral (STF) acatou uma Ação Di­reta de In­cons­ti­tu­ci­o­na­li­dade (ADI) que ques­ti­o­nava uma emenda sobre os cri­té­rios para in­di­cação de mem­bros.

A Mesa Di­re­tora impôs que o pro­cesso será em vo­tação única e se­creta e a es­colha deve ser por mai­oria sim­ples, desde que haja quórum mí­nimo de 13 de­pu­tados em ple­nário.

O cargo de conselheiro pertenceu ao conselheiro aposentado Humberto Bosaipo, afastado por  imbróglios jurídicos.

3 recomendado
comments icon 0 comentários
bookmark icon

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *