Entrevista: Com 25 anos de trabalho, SENAR leva informação para trabalhadores rurais


O Gerente Técnico do SENAR, Guto Zanata, veio até os estúdios do Leiagora para falar sobre o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural. Segundo ele, o órgão tem o objetivo de levar informação e formação ao homem do campo “seja ele trabalhador ou produtor rural, seja ele da agricultura familiar ou industrial”, disse.  

Guto explica que existe 27 sedes regionais do SENAR, que conseguem chegar aos produtores através dos sindicatos rurais. São 90 sindicatos Rurais, e dezenas de outros parceiros como prefeituras, universidades, associações de produtores e órgãos estaduais e federais.É através destas organizações que as demandas dos trabalhadores chegam ao SENAR, que, por sua vez, faz seu planejamento pautado nessas necessidades.

O órgão atua através de qualificações, aperfeiçoamentos e treinamentos. As qualificações são cursos mais longos, que podem se feitos inclusive por quem ainda não teve contato com trabalho no campo. Já o objetivo dos treinamentos e aperfeiçoamentos é atualizar os trabalhadores em relação a novas tecnologias e práticas no meio rural. O SENAR também faz consultoria técnica personalizada junto ao produtor.

Os cursos são gratuitos. Zanata lembra que agronegócio não se resume a grandes propriedades e produção para exportação. Mas também inclui os alimentos que consumimos no dia-a-dia nas feiras livres. “Hoje estamos destaque no país pela produção agropecuária”, disse. Ele ressalta, mais uma vez, que o SENAR busca ajudar todos os trabalhadores do campo, independente do porte e do tipo de produção.

Na entrevista, também foi comentado o mutirão rural, uma ação que leva serviços básicos para comunidades rurais isoladas do estado de Mato Grosso. São feitas parcerias com outros órgãos e oferecidos serviços de saúde, segunda via de documentos, palestras, entre outros. “É levar um serviço social para uma comunidade que não tem acesso a esse tipo de trabalho”, explica. Além disso, o órgão leva um cinema itinerante para cidades e regiões que não têm acesso. O SENAR também oferece equoterapia, juntamente com parceiros por todo o estado.  Confira a entrevista completa.  

Direto da redação, Bárbara Muller.

16 recomendado
comments icon 0 comentários
bookmark icon

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *