Semed orienta sobre cuidados com os filhos que garantem bom rendimento escolar

9 de fevereiro de 2019


Perto do início do ano letivo da Rede Pública de Ensino, marcado para começar na próxima segunda-feira (11), algumas precauções devem ser observadas pelos pais para que seus filhos aproveitem as aulas, preservando a boa saúde mental e psicológica dos estudantes para que nada atrapalhe a atenção ao conteúdo transmitido.

Conforme recomenta o gerente do Departamento de Gestão Escolar da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Glayton Vilela, as costas devem ser resguardadas de qualquer tipo de peso, pois sobrecarregar essa região do corpo pode ser prejudicial ao estudante. “O ideal é que os alunos não usem mochilas penduradas nas costas, mas utilizem aquelas de rodinhas. Para os menores, os pais devem carregá-las até a sala”, aconselha.

Boa acuidade visual é outro fator que contribui para o desempenho escolar. Dessa forma, Glayton destaca que os professores estão sempre atentos para identificar qualquer atitude que aponte algum problema de visão, mas é importante que os pais também observem alguns sinais que, se existentes, devem ser investigados por um médico. “Dores de cabeça, enjoo, irritabilidade de humor, além de aproximação excessiva dos olhos a telas de TV, computador ou celular podem indicar baixa visão”, alerta o gerente, que ressalta que qualquer alteração ocular pode atrapalhar o processo de aprendizagem.

Antes do início das aulas é necessário que os pais façam uma inspeção no couro cabeludo dos filhos para verificar se tem piolho, já que a transmissão desses parasitas de uma cabeça para outra ocorre muito rapidamente. Para evitar infestações no ambiente escolar, onde os alunos convivem com certa proximidade, Glayton sugere que as meninas prendam os cabelos e os meninos tenham corte bem curto.

Outro hábito que os pais devem incentivar nas crianças é a lavagem periódica das mão, de acordo com Glayton: “É preciso higienizar bem as mãos, já que os estudantes costumam levá-las à região dos olhos que, muitas vezes, ficam irritados por terem tido contato com alguma bactéria”.

Manter o costume de levar os filhos para cama em horário adequado de forma a garantir as horas necessárias de sono para seu bem estar e acompanhar seus cadernos para saber se eles estão fazendo os deveres e conhecer o conteúdo ensinado no colégio também são atitudes fundamentais, conforme o gerente, que enfatiza: “Os pais devem sempre perguntar ao filho como foi seu dia e estar presente na sua vida escolar, pois esse comportamento interfere positivamente na saúde emocional da criança”.

Direto da assessoria da Prefeitura de Rondonópolis, Roberta Azambuja

8 recomendado
comments icon 0 comentários
bookmark icon

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *