Conheça os benefícios e vantagens da água aromatizada

14 de fevereiro de 2019


A ingestão de líquidos é vital para o bom funcionamento do nosso corpo. Mas ela pode ser variada de forma bem interessante. Uma bela alternativa é a água aromatizada. Em meio a tantas opções de bebidas, ela se destaca por garantir uma variedade de sabores e nutrientes, além de apresentar baixa caloria.

Mas do que se trata? A água aromatizada é uma mistura do líquido com outros ingredientes naturais, como frutas, especiarias, folhas, ervas, sementes e até mesmo vegetais. Por essa razão, ela é uma alternativa mais saudável, pois não tem a presença de substâncias artificiais em sua composição.

Preparar a bebida é algo bem simples: coloca-se água em uma jarra ou garrafa, acrescentando posteriormente rodelas ou pedaços de frutas, folhas ou ervas, vegetais picados, etc. Após isso, a mistura deve ser armazenada durante toda a noite na geladeira. Antes de consumi-la, os ingredientes deverão ser descartados e somente o líquido deve ser ingerido.

Benefícios e vantagens

Dependem dos ingredientes adicionados à água. Mas, de um modo geral, contemplam itens como menor valor calórico; presença de muitas vitaminas e nutrientes; auxílio na eliminação de toxinas, ação antioxidante, anti-inflamatória, termogênica ou diurética; melhora no trabalho de digestão e a diminuição do consumo de substâncias artificiais.

Sem dúvida, a água aromatizada é uma opção mais saudável, principalmente se comparada com outras bebidas. Os refrigerantes, por exemplo, têm altos índices de açúcar, aromatizantes, sódio e substâncias sintéticas. Isso tudo é bastante prejudicial à saúde, podendo ser uma forma de potencializar o ganho de peso, diabetes e desenvolvimento de gastrite.

Onde consumir

A água aromatizada pode ser consumida em qualquer lugar: em casa, na academia, na rua, no trabalho… Basta ser armazenada em garrafinhas ou moringas. Por sinal, seu consumo tem crescido em eventos e estabelecimentos diversos, como forma de refrescar convidados e clientes, principalmente em estações mais quentes.

Direto da Redação, Anderson Firmino/Estadão Conteúdo
comments icon 0 comentários
bookmark icon

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *